Outdoor Volkswagen – 0 a 100 km!

2 09 2011

Outdoor desenvolvido pela agência Grey, de Israel. Com dois outdoors seqüenciais, a agência exaltou o poder de arranque do novo Golf GTI, da Volkswagen, que pode chegar de 0 a 100 km em apenas 6,9” segundos!

Ficha Técnica:

Agência: Grey (Israel)
Diretor de Criação: Tal Riven, Moti Rubinstein
Diretor de Arte: Irena Moravin, Moti Rubinstein
Redator: Uri Marek
Mídia: Gilad Kat, Galit Aharonovitch, Adi Yaron

Escrito por: Antonio Neto

Twitter: @eventos_pro / @figueiroaneto





O vestibular do Rock lançado pela Volkswagen.

26 08 2011

Depois das ações, Kombioke e Qual o seu Rock, criadas pela Volkswagen do Brasil para chamar atenção dos amantes do rock e de todos os seus gêneros, a montadora criou um curioso concurso chamado “Vestibular do Rock”. Cada dia do festival virou uma matéria e você precisa escolher uma prova para mostrar o quanto você sabe desse gênero.


Vale a pena se cadastrar e concorrer a ingressos para o evento mais esperado desse segundo semestre: O Rock in Rio .

Saiba mais no site da promoção http://www.vestibulardorock.com.br/ ou até mesmo no Twitter @CarroMesmo.

Escrito por: Raffael Von





Ah… O dia Internacional da Cerveja!

5 08 2011

Pra quem não sabe, hoje é Dia Internacional da Cerveja! E como se isso não bastasse, hoje também é sexta-feira! Então, pra celebrar essa data única, segue um vídeo pra deixar todo cervejeiro louco pra sair do trabalho mais cedo:

Escrito por: Antonio Neto

Twitter: @eventos_pro / @figueiroaneto





Os 5 piores erros em campanhas de QR Code

5 08 2011

Relativamente nova, a tecnologia de QR Codes ainda gera dúvidas quanto a seu uso. Pensando nisso, um dos especialistas na área decidiu compilar os cinco piores erros em um artigo publicado originalmente pelo site Mashable. Confira abaixo os principais pontos levantados por Matthias GalicaCEO da ShareSquare.

1. Não testar o código
Ainda que pareça óbvio, é comum que empresas não testem o código 2D em diversos smartphones e em vários aplicativos leitores da tecnologia antes de lançar uma campanha, afirma Galica. Um dos casos nacionais mais recentes virou notícia no Mobilepedia.

2. Não ir direto ao ponto
O QR Code deve proporcionar resultados rápidos ao usuário. Ao invés disso, algumas empresas ainda criam várias etapas até que o consumidor chegue ao objetivo.

3. Enviar o usuário para um site feito para desktop
O código 2D está rodando perfeitamente, não tem problemas de conexão, mas se o usuário for direcionado a uma página feita para telas grandes, afirma Galica, a chance de a campanha falhar é de 99.9%. A recomendação do especialista é investimento em sites móveis baseados em HTML 5, pois estes criam uma sensação de ser um aplicativo nativo do smartphone, tornando a ação muito bem sucedida.

4. Colocar anúncios com QR onde não há sinal
Algo muito importante, de acordo com o especialista, é saber onde os anúncios para ter acesso aos códigos vão estar alocados. Recentemente, a Tesco realizou uma campanha aparentemente bem sucedida no metrô da Coréia. Porém nos Estados Unidos a Red Bull tentou fazer o mesmo, no entanto não havia sinal 3G nas estações.

5. Cuidado com os “prêmios”
O quinto e último erro que Galica afirma poder existir merece muita atenção, pois anunciantes ao querer dar prêmios a quem acessar o código tem que ser cuidadosos.

“Será que uma versão digital do anúncio pode ser considerada uma recompensa?”, questiona o CEO já respondendo que não. O melhor, afirma o especialista, é oferecer um conteúdo exclusivo com fotos e vídeos, cupons de descontos ou integração com redes sociais.

Fonte: Mashable





Virais – Pôneis Malditos (Nissan)

4 08 2011

Os pôneis malditos da Nissan conseguiram encantar o público das rede sociais. O comercial da montadora que ridiculariza os motores dos rivais alcançou o primeiro lugar nos Trending Topics no Brasil e teve também destaque glogal: figura em sexto lugar entre os assuntos mais comentados do mundo no Twitter.

A campanha conta com filme de 30” para TV aberta e fechada. Também há uma versão especial para internet, que traz um extra inusitado. É a ‘Maldição do Pônei’, um vídeo que deve ser encaminhado imediatamente para 10 pessoas ou a maldição pegará em você”, explica Manir Fadel, vice-presidente de Criação da Lew’LaraTBWA. A maldição em questão é ficar eternamente com a música do Pônei Maldito na cabeça.

Nessa ação, o internauta será encaminhado para o aplicativo de Facebook “Maldição do Pônei”, que apresentará um filme introdutório no qual o pônei explica como é possível livrar-se da maldição. O usuário pode gravar sua própria maldição e enviar aos seus amigos um vídeo personalizado com a sua voz distorcida ou compartilhar uma das maldições pré-definidas. Ao enviar para seus amigos, os amaldiçoados receberão um post por dia em seu mural, durante 5 dias, até que acessem o aplicativo, compartilhem e livrem-se da maldição.”

Em 06 dias, o viral já está próximo dos 6 milhões de views!

Fonte: Exame





Alentometro Coca-Cola – Telão movido a barulho!

28 07 2011

Todos sabem que brasileiros e argentinos são fanáticos por futebol, e mesmo com a frustrante campanha de ambas as seleções na Copa América, a Coca-Cola teve uma ideia muito criativa para incentivar a torcida dos hermanos durante os jogos do torneio.

A ação, intitulada de “Alentometro”, na verdade é bem simples. Centenas de torcedores foram convidados a assistir aos jogos da Argentina em um telão da Coca-Cola, com um mero detalhe – o telão era movido a barulho! – Vale a pena dar uma olhada no vídeo:

Com uma simples brincadeira, a Coca consegue divulgar sua marca interagindo com o público e incentivando a paixão do torcedor!

Escrito por: Antonio Neto

Twitter: @eventos_pro / @figueiroaneto





Anúncios – “Direção e Redes Sociais não se misturam”

25 07 2011

Anúncio muito bem elaborado – e criativo – desenvolvido pela agência N=5. A campanha, que serve de alerta para as pessoas que acessam as redes sociais enquanto dirigem, consegue passar a mensagem com uma linguagem atual usando de um humor trágico, sem precisar do costumeiro apelo às imagens de acidentes.

Agência: N=5 (Holanda)
Diretor de Arte: Marco de Jong
Redator: Thijs Bontje

Escrito por: Antonio Neto

Twitter: @eventos_pro / @figueiroaneto